Follow by Email

terça-feira, 3 de maio de 2011

"Sinceros Desejos"

Levitaremos sobre nosso peso, quando pagarmos o preço derradeiro.

Sinceros Desejos

E o que mais
Poderia falar sobre
Mim?
Como poderia
Lhe expor
Outras flores residuais,
Ou teciduais,
Sem me sentir
Distante destes
Passos,
Sem impor a você
Minha mais
Nova
Personalidade?

São as emoções
Que trago a mim
Diariamente...
Algumas tábuas
De carne para
Amaciar minhas
Têmporas,
E fazê-las suaves,
Ao toque dos mais
Risonhos parentes
Alguma incerteza
Ao falar sobre coisas
Tão oscilantes,
Ou uma maneira de
Fazê-lo perder
Seu tempo,
Apenas por
Mais uma aprovação
Inútil

Pois nós todos
vamos
À palidez...
Todos seremos
Bons mágicos, um dia
Em nome de algum
Velho desejo,
Ou de perder peso
Ó,
Inútil alegria

Nenhum comentário:

Postar um comentário